MOÇÃO/TESE – Direito previdenciário

Na XXIII Convenção Nacional da ANFIP, em Gramado-RS, no período de 14 a 17 de maio de 2011, com a subscrição de diversos AFRFB, no Ceará, e apoio da diretoria da ACEFIP, o Auditor Fiscal Pedro Cadeira apresentou uma MOÇÃO PROPOSITIVA à direção Nacional da ANFIP.

Pelas razões expostas na própria MOÇÃO, o autor solicitou  à direção nacional da ANFIP que fizesse gestão junto ao Ministério da Educação(MEC), pelos canais competentes, no sentido  de inserir a disciplina DIREITO PREVIDENCIÁRIO na grade curricular das disciplinas OBRIGATÓRIAS das faculdades de direito públicas e privadas do nosso país(historicamente, em nosso país, o direito previdenciário ainda é estudado como disciplina OPCIONAL)

A MOÇÃO foi aprovada por unanimidade, e, mediante emenda, foi transformada em TESE, aprovada esta, também, por unanimidade.

Recentemente, a direção nacional da ANFIP analisou a MOÇÃO/TESE. Então, o presidente da ANFIP, Álvaro Sólon de França,assumiu o compromisso  de encaminhar a matéria, mediante Ofício, ao deputado Gabriel Chalita, presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Ressaltou, ainda, o presidente, que acompanhará a tramitação do processo, e terá interesse  por uma decisão favorável do MEC ao pleito.

Na foto, da E/D, o vice-presidente da ANFIP, Floriano José Martins, o Auditor Fiscal Pedro Cadeira, o presidente da ANFIP, Álvaro Sólon de França, as Auditoras Fiscais  Eline Pires de Carvalho(CE), Tereza Liduína Santiago Félix(CE), e o presidente da ACEFIP(CE), Givanildo Aquino da Silva

TEXTO: Pedro Cadeira

FOTO: ANFIP Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *